Diversão no Movimento? Os seus Pensamentos Afetam Seriamente essa Capacidade…

Aos 65 anos, Nilly queria fazer as coisas corretamente e em segurança. Isto foi exemplificado pelo fato de ela já estar num lar para idosos enquanto ainda perseguia um estilo de vida saudável e ativo – caminhadas com amigos, viajar, etc. No lindo castelo perto do Lago de Constance, onde nós nos juntámos para o Curso de Verão há alguns anos atrás, ela reportou ao nosso grupo o quão chocada ela ficou quando se mudou para a sua nova residência e viu a fraqueza onipresente nos seus colegas e a sua incapacidade de se movimentarem com facilidade.

Está a colocar-se dentro da caixa?O motivo pelo qual ela veio ao curso eram os seus “problemas” na anca. Ela sentia uma dor difusa na região dos quadris, mas os doutores e até o especialista ortopédico não conseguiam encontrar algo que podesse ser a causa dessa dor. A sua sobrinha, que me conhecia e conhecia o meu trabalho, recomendou a Nilly que se juntasse ao nosso Curso  de Verão.

E, assim, lá estava ela. Esta interação com ela ainda vem à minha mente como se fosse ontem —
estávamos a conhecer-nos num ambiente de grupo e era a vez de Nilly para escolher uma atividade que ela gostaria de realizar. Como sua actividade ela escolheu andar, e pedi-lhe para mostrar como andava. Havia algumas coisas alarmantes que me chamaram a atenção, e uma delas era a sua forma de andar, que me parecia muito pesada.

Diversão no Movimento

Eu passei algum tempo a trabalhar com ela, e fiz com que ela andasse de novo. Após isto, conforme ela andava pelo corredor, perguntei-lhe se se sentia “igual ou diferente”. Ela respondeu: “Muito diferente”. Os outros participantes também relataram que a sua forma de andar alterou-se significativamente. Para mim, a sua caminhada parecia mais próxima de um movimento mais natural e fluido. Nilly disse que se sentia “muito mais leve e era mais fácil” para ela andar… e depois acrescentou, “mas eu não posso andar desta forma!!!”

Ficamos todos boquiabertos com esta resposta, pois ela tinha andado no corredor literalmente sozinha, para além do fato de tudo isto ter sido testemunhado com todo o grupo como testemunha. No entanto, ela rejeitou a sua experiência.

“O que quer dizer, Nilly?” Uh, porque uh a minha passada iria pareceria com a de um adolescente o meu comportamento seria incomum e as pessoas começariam a olhar para mim em tom de gozo! O que vão elas pensar?!?

Nilly, como muitas das clientes mais jovens com as quais trabalho, sofria de uma ilusão universal, porque nós acreditamos em certas coisas sobre nós mesmos nas quais nós criamos “a única verdadeira realidade”, quando na verdade, estamos a atuar de acordo com as nossas idéias preconcebidas, das quais o mundo não partilha. A passada da Nilly, na verdade, tinha uma aparência excelente, e a sua leitura sobre as mentes das outras pessoas valia a pena o esforço de testar isso mesmo: mas pelo contrário, elas gostaram da forma como ela estava a andar pelo corredor…

A CAIXA pensando lá dentro, ou lá fora?

Onde permitiu que outras pessoas o colocassem dentro da caixa?

E como é que se enclausurou lá dentro ativamente?

 

Pensando e  colocando-se dentro da caixa?

Está a colocar-se dentro da caixa?

Confiança para se movimentar em frente, um pé de cada vez, retirará o enclausuramento de uma caixa auto-imposta e resultará em melhor saúde. Isto melhorará a sua vitalidade, dar-lhe-á força para modelar o mundo e motivar os outros.

E nós queremos ter um impacto positivo no mundo, certo? Para além disso… divertir-se no movimento significa que já estamos progredindo no sentido de ter mais energia.

O processo que eu ensino no Motion Mastery™ é um treino para o ajudar a gerenciar a sua própria forma de se movimentar: “A qualidade de movimento torna-se numa escolha deliberada.” É aqui que a beleza da coisa reside.

Estarei em Porto Alegre a partir de 26 de setembro.

Se quiser tomar o próximo passo em melhorar os seus movimentos, clique no Pacote de Iniciante de Motion Mastery™:

Quer o pacote “Em pessoa” — o pacote EP onde nós nos encontramos realmente em pessoa, porque vive em Porto Alegre RS  e quer aproveitar a ocasião de trabalhar comigo  no período 26 de setembro – 20 de outubro 2014 quando estou em Porto Alegre, desta vez dando aulas e cursos.

ou

o pacote para PC — de Treino Pessoal  onde nos iremos encontrar com uma conexão Internet e o treino toma lugar quando quiser.

Se gostaria de se libertar da sua caixa de dor dolorosa, clique aqui para reservar a sua consulta de até  30 minutos gratuita.

Se quer inspiração até duas vezes por mês sobre como se movimentar com maior facilidade, (e menos dor) deixe o seu nome e e-mail na caixa azul no canto superior direito desta página”.

Eu espero vê-lo brevemente, talvez até em pessoa! Os seus comentários abaixo são mais do que bem-vindos. Obrigado por se manter curioso nesta jornada revigorante!

Dia 22 de outubro publicarei o meu próximo blog post. Até…